Reconstruir a barba através da FUE

FUEAssim como os cabelos, a barba é um elemento de grande importância para os homens; sinónimo de masculinidade, sua ausência pode afetar a auto estima de muitos. Nos dias de hoje, através da técnica FUE (Follicular Unit Extraction) conseguimos reconstruir a barba, preencher falhas, dar mais densidade e camuflar cicatrizes de forma eficaz e com aspecto absolutamente natural.

Esta técnica consiste em retirar os pelos um a um da parte lateral e posterior da cabeça, selecionando os fios mais adequados,  e depois implanta-los no rosto nas zonas onde há falhas ou onde queremos dar mais densidade.

FUE: Cirurgia, pós operatório e resultados

O transplante capilar FUE é indolor, realiza-se sob anestesia local e no caso da barba tem uma duração aproximada de 6 horas. O paciente vai para casa no mesmo dia, sem nenhum desconforto e apresentará apenas ligeiro inchaço e vermelhidão na zona implantada que desaparecerá por completo ao fim de 2-3 dias.

A partir da segunda semana de pós-operatório já é possível aparar os pelos cuidadosamente com uma tesoura, e com 1 mês o paciente poderá barbear-se normalmente.

O resultado será percebido logo nos primeiros dias após a cirurgia. Entretanto, o aspecto final só será alcançado após cerca de 10 meses. Isto ocorre porque os fios transplantados tendem a cair nas primeiras semanas de pós operatório e retomam o crescimento por volta do terceiro mês.

Ressaltamos que antes de avançar para um transplante de barba deve ser feita uma consulta medica pormenorizada para descartar doenças que possam ser responsáveis pela falta de pelo nessa região.  Estas podem, em alguns casos, ser corrigidas com tratamento clínico; evitando assim que o paciente seja submetido a um procedimento desnecessariamente.

O médico também irá avaliar o número de sessões FUE necessárias em cada caso. Quando existe uma densidade muita baixa ou uma ausência total de pelos na zona da barba, pode ser necessário mais de uma sessão para obter-se o resultado desejado. Tudo vai depender da extensão da zona a implantar, da qualidade do fio de cabelo da zona doadora e do desejo do paciente.

A reconstrução de barba pela técnica FUE é um procedimento médico que exige muita habilidade técnica e sentido estético. É fundamental que esta seja realizada por um especialista experiente na área para que possa garantir um bom resultado.

Lipoescultura com laser- O que precisa saber

lipoescultura com LaserA lipoaspiração é dos procedimentos de cirurgia estética mais realizados e populares em todo o Mundo.

A 1ª lipoaspiração foi realizada no século passado, no entanto, devido aos maus resultados foi abandonada e só  em 1974 um cirurgião italiano, Giorgio Fisher, inventou uma cânula, que continha uma lâmina giratória, que quando ligada a um aspirador, aspirava gordura.

Foi o início da era da lipoaspiração.

Desde então várias técnicas de lipoaspiração foram inventadas e utlizadas nos últimos anos, usando seringa, ultra-sons, vibração….. e com diferentes tipos de cânulas.

A evolução foi sempre no sentido das técnicas serem menos traumáticas e agressivas permitindo melhores resultados e recuperação mais rápida.

Também a anestesia tem evoluído muito e foi graças a um médico americano, Klein, que a anestesia local tumescente revolucionou por completo as técnicas de lipoaspiração permitindo que os doentes não precisassem de ficar internados mesmo com retirada de volumes maiores e com uma recuperação mais rápida e confortável.

Qual o método da Lipoescultura com laser?

Das ultimas tecnologias e técnicas surge a Lipoescultura com laser – método pouco invasivo para remoção de gordura através de uma cânula que transmite a luz do laser para o tecido adiposo liquefazendo as células adiposas e permitindo, por efeito térmico, uma retracção da pele superior às técnicas convencionais ao estimular a produção de colagénio dando um efeito de pele mais lisa e firme melhorando substancialmente a flacidez.

É realizada, sob anestesia local tumescente geralmente com sedação, sendo mais segura e permitindo que possa ser efectuada, em regime de ambulatório.

Os candidatos ideais são os que têm excesso de depósitos de gordura generalizada ou localizada ou os que tentaram várias dietas e métodos sem resultado e cujo objectivo seja perder volume.

Lembro que a lipoaspiração e, ou a lipoescultura não são técnicas de emagrecimento pelo que não deverão ser expectáveis grandes variações de peso como objectivo principal, o que vai acontecer posterior e progressivamente.

Quer dizer que as técnicas para retirar gorduras são para perder volume, melhorar a forma e ter influência na perda de peso com melhoria para a qualidade de vida.

Há muita informação imprecisa sobre tratamentos com laser e promessas do impossível, pelo que deve procurar ser informada previamente sobre tudo o que vai fazer e escolher centros com especialistas com experiência de lipoescultura com laser.

Pode ser realizada em qualquer local do corpo, em zonas como o abdómen, cintura, costas, coxas, ancas, joelhos, tornozelos, braços, pescoço e queixo, etc. .  Está também  indicada para tratamento da celulite ligeira a moderada, reduzindo o aspecto de casca de laranja da pele.

As incisões são mínimas, 2 a 3mm, ficando em zonas pouco visíveis e que com o passar do tempo tornam-se imperceptíveis. O tempo da cirurgia varia de acordo com as zonas e a quantidade de gordura a remover.

São expectáveis equimoses e edema que desaparecerão gradualmente podendo, na maioria dos casos, retomar-se o trabalho dentro de 2 a 3 dias após a lipoescultura com Laser.

Tal como em outros procedimentos cirúrgicos é necessário vigilância em consultas de pós-operatório, medicação adequada, evitar exposição prolongada ao sol durante as primeiras semanas, compressão elástica e drenagens linfáticas.

Os resultados surgem ao fim de 2 a 3 semanas mas irão melhorar nos 6 meses após a cirurgia.

A lipoescultura com laser tem como objectivo modificar e melhorar o contorno corporal de modo a obter uma silhueta melhor com diminuição do volume e melhoria da flacidez e celulite

PERNAS AO LÉU

As pernas foram e são um dos elementos de destaque na beleza feminina, muito apreciadas pelos homens, e porque não, da  masculina também?

Pernas bem torneadas e harmoniosas são sempre mais elegantes e atraentes.

As imperfeições estéticas das pernas podem ser de causa genética ou adquirida por traumatismos ou doenças. São as chamadas pernas “finas”, com perda do contorno, muitas vezes causadoras de complexos tais, que muitas mulheres nunca vestiram saias ou não vão à praia por vergonha de terem as pernas fininhas.

Apesar de se falar noutras alternativas a cirurgia para aumentar e dar o volume à barriga das pernas é a forma mais eficaz, objectiva e definitiva; através da colocação dumas próteses próprias, de silicone, com um formato próprio e são de duração para toda a vida.

A colocação de próteses de gémeos, assim se chama, também está indicada quando o exercício físico falha e não se consegue desenvolver mais os músculos das pernas.

Cada vez mais homens e  mulheres procuram esta cirurgia.

Recentemente surgiram no mercado produtos para enchimento, que poderiam ser uma alternativa, mas na minha opinião, não são uma boa solução por não serem definitivos, mais caros, com mais complicações e ainda a possibilidade de deslocação do produto.

O enchimento com gordura da própria pessoa pode ser uma alternativa se for indicado.

Colocação de de próteses nas pernas

Desde que foi desenvolvida, a prótese de silicone sofreu algumas mudanças, modernizando-se e tornando-se mais segura para o doente, sendo actualmente pequenas e muito resistentes. Praticamente não existe risco de ruptura, podendo durar a vida toda. Não apresentam qualquer risco de rejeição, nem de provocar varizes ou problemas circulatórios.

Pernas_antes

Pernas_depois

A cirurgia é bastante simples, sendo feita uma incisão de cerca de 4 cm na parte posterior do joelho, que deixa uma cicatriz quase imperceptível. A cirurgia dura cerca de uma hora, a anestesia utilizada é a local e não tem internamento.

São raras as complicações pós-operatórias.

Pode-se andar, tomar duche e fazer quase tudo a partir do dia seguinte. Conduzir é aconselhado a partir do 8º-10º dia. É uma cirurgia que tem recuperação relativamente fácil, com algum incómodo. Tem que se usar um “collants” de compressão média 3 a 4 semanas e usar sapatos de salto em cunha (nos homens usam uma meia dobrada por baixo do calcanhar) por 2 semanas.

O resultado final é bom, ficando a prótese inaparente e a perna com um aspecto bem natural, permitindo que use roupas curtas e exiba uma nova silhueta, com pernas belas e bem torneadas.

Rinoplastia- Tudo o que precisa de saber

Rinoplastia

É a cirurgia que permite alterar a forma e tamanho do nariz de modo a melhorar a aparência e proporção do seu nariz e conseguir assim, a harmonia facial.

Esta harmonia estética traduz-se, também, num aumento da auto-estima.

A rinoplastia é procurada para reduzir um nariz grande, remover a giba dorsal, estreitar e remodelar a ponta nasal, alterar as dimensões das narinas, corrigir assimetrias nasais e desvios do septo.

É uma das cirurgias plásticas mais comuns em todo o mundo logo a seguir às lipoaspirações e à cirurgia mamária de aumento.

Quem pode fazer uma rinoplastia?

Pode ser efectuada desde os 16 anos de idade.

Pode ser executada isoladamente ou conjuntamente com o lifting facial ou com a cirurgia do mento.

Cada ser humano apresenta uma anatomia nasal diferente, influenciada pela hereditariedade e pela raça requerendo uma cirurgia específica para cada caso e cuja previsibilidade depende destes factores.

Caso a caso devem ser estudadas as condições gerais do paciente, examinada a face, fazer fotos, discutir todas as opções e explicar os riscos e potenciais complicações.

São pedidas rotinas pré-operatórias bem como radiografia do nariz em todos os pacientes e pedida TAC quando se suspeita de desvio do septo.

É realizada sob anestesia local com sedação, mas sem internamento.

As incisões são dentro do nariz, raramente recorremos a uma cicatriz externa na pele que separa as duas narinas. No primeiro caso, o mais frequente na nossa prática comum, é designada por rinoplastia fechada; quando realizamos uma pequena cicatriz externa, em cirurgias difíceis com grandes deformações é designada de rinoplastia aberta.

As estruturas ósseas e cartilaginosas são remodeladas de modo a criar um novo esqueleto para o nariz. Quando o septo se encontra desviado deve ser endireitado .

É colocado um tamponamento 24h e colocada uma tala durante uma semana.

Os riscos são mínimos e facilmente resolúveis na maioria dos casos.

O inchaço persiste algumas semanas mas o resultado final da cirurgia pode demorar a revelar-se de alguns meses até um ano.

Abdominoplastia: Uma cirurgia de sucesso

Em que consiste uma abdominoplastia ?

A abdominoplastia  é a  cirurgia que tem como objectivo  remover o excesso de pele  e de gordura do abdómen e reforçar os músculos da parede abdominal. Sempre que indicada é efectuada com NIL quando existe  panículo adiposo abundante  ou  combinada com outras cirurgias tais como histerectomia e correcção de  hérnias.

Abdominoplastia_antes

Abdominoplastia_depois

Qual o objectivo da abdominoplastia?

Melhorar o contorno do abdómen, definir a cintura e pode mesmo ser o único método para remoção das estrias abdominais.

É procurada por mulheres com perda de tonicidade da pele do abdómen, com excesso de gordura e com flacidez dos músculos da parede abdominal. Também muito procurada por pacientes, tanto do sexo feminino como do sexo masculino, com flacidez cutânea após perda de peso importante ou após uma cirurgia bariátrica.

 Quais as técnicas de abdominoplastia?

Existem duas técnicas de  abdominoplastia dependente da quantidade de  pele existente acima ou abaixo do umbigo designadas de abdominoplastia completa ou de mini-abdominoplastia. A  abdominoplastia completa é a técnica mais comum  e permite remover o excesso de pele, apertar os músculos subjacentes em toda a área abdominal e transpor o umbigo, o que permite obter um abdómen plano e bem delineado com definição da cintura.

Esta cirurgia é realizada sob anestesia geral ou epidural

Onde ficam as cicatrizes?

A incisão é realizada acima do púbis e ascende em direcção às cristas ilíacas.

Na maioria dos casos a cicatriz fica escondida pelo bikini.

Os drenos são retirados ao fim de 24 a 48h.

Como é o pós operatório?

Este tipo de cirurgia obriga a um internamento de 1 a 2 dias.

Deve ser usada uma cinta de contenção cerca de 1 mês.

Drenagens linfáticas são iniciadas uma semana após a cirurgia.

O retorno à actividade profissional é efectuado entre duas a quatro semanas.
Exercícios mais vigorosos poderão ser realizados ao fim de seis semanas.

Este tipo de cirurgia tem vindo a ser cada vez mais procurado dado tratar-se de um procedimento seguro e com resultados excelentes.

Medicina Anti-Envelhecimento: sabe o que é?

A Medicina Anti Envelhecimento surge da junção da Medicina Preventiva com a Biotecnologia Médica Avançada para a prevenção, detecção e correcção das disfunções e doenças relacionadas com a idade. A longevidade tem aumentado mas pretendemos preservar uma vida com qualidade. Trabalhos da Harvard School of Public Health referem “…que podemos aumentar 24,6 anos de vida útil com qualidade física e mental mantendo um bem estar absoluto…”.

Esta área da Medicina é recomendada a todas as pessoas com mais de 35 anos, como um meio de detecção, prevenção e reversão de doenças relacionadas com a idade, devido a uma diminuição de hormonas que nos mantêm jovens e a uma acumulação de danos com desequilíbrio entre a destruição e recuperação celular. Geram-se assim processos degenerativos como artroses, osteoporose, perda de massa muscular, aumento de gordura, dificuldade de recuperação pós esforço, rugas, flacidez etc. Também o ambiente, o stress, a obesidade e o sedentarismo provocam desequilíbrio neuro-endócrino, imunológico, nutricional e energético.

medicina anti envelhecimento

Sabe o que é o Programa de Medicina Anti Envelhecimento?

O programa de anti envelhecimento centra-se na saúde e não na doença, mediante uma avaliação clínica integrada para orientar o paciente em tratamentos personalizados que se baseiam na avaliação através da recolha de historia clinica extensa, do aspecto físico, psicológico e biológico. Avaliam-se os hábitos de vida, a alimentação, o exercício físico, os biorritmos sono/vigília, o exame físico e analítico inserido no perfil genético individual.

Determina-se assim a susceptibilidade a uma serie de patologias com a elaboração de uma estratégia específica em termos de hábitos de nutrição, exercício físico, controle de stress e tonificação vital. Realizam-se também protocolos hormonais bio idênticos para corrigir o desajuste neuro endócrino em caso de andropausa, menopausa ou disfunção celular.

A Medicina Anti Envelhecimento vai assim optimizar o processo de envelhecimento fisiológico, adaptando-se à definição que a Organização Mundial de Saúde fez do envelhecimento activo, melhorando as oportunidades de bem estar físico, social e mental durante toda a vida, e ampliar a esperança de vida saudável.

Medicina Estética atual: rejuvenescer «à hora de almoço»!

Os tratamentos de medicina estética têm evoluído muito e são cada vez mais eficazes e menos invasivos, realizando-se de forma segura, rápida e cómoda. Longe vão os tempos em que uma intervenção estética era sinónimo de desconforto e incapacidade.

Cada vez mais pessoas vêm à consulta quando se apercebem dos primeiros sinais de envelhecimento e não têm, por isso, indicação para técnicas invasivas.
Além disso, todos os pacientes desejam que cada tratamento represente uma boa experiência (sem dor!) e possibilite o regresso à vida normal sem que «ninguém note»!

Tipos de tratamentos da Medicina Estética que pode realizar ao almoço

medicina estéticaLaser, «lifting» com fios, preenchimentos, hialoestrutura, peelings, mesoplastia, micro-lipofilling e bioestimulação com fatores de crescimento plasmáticos são tratamentos perfeitamente realizáveis no intervalo de almoço. O objectivo é rejuvenescer mas também passou a ser atrasar o processo de envelhecimento. Esta dimensão preventiva é um inestimável benefício que cada uma daquelas técnicas, se aplicada por mãos sabedoras, permite
obter.

A hialoestrutura e a bioestimulação são tratamentos rápidos e versáteis, possibilitando melhoramentos da face, pescoço, decote e mãos de forma natural. A mesoplastia, através da aplicação de um cocktail de vitaminas, anti-oxidantes, minerais e proteínas elaborado de acordo com as necessidades específicas de cada paciente, é uma forma eficaz de «alimentar» a pele a partir do seu interior. Já certos peelings, ao permitirem uma renovação da pele,
proporcionam o rejuvenescimento da mesma desde a superfície. Os fios permitem tratar a flacidez do pescoço e/ou da face nas pessoas que não têm indicação ou que não pretendem submeter-se a um lifting cirúrgico. A aplicação na face e nas mãos de pequenas quantidades de gordura da própria pessoa (micro-lipofilling) permite repor volume perdido e nutrir os tecidos desde a profundidade.

Quase sempre se efetua o rejuvenescimento integral completo da face desde a testa ao pescoço passando pelas zonas peri-ocular e bucal de forma a obter resultados progressivos, naturais e consistentes. Estamos numa época que reclama tratamentos «express» em que é importantíssimo que o médico tenha conhecimentos, capacitação e experiência de modo a conseguir definir e reavivar a beleza natural de cada um, homens e mulheres, de forma saudável, minimamente invasiva e por isso sem efeitos secundários.

Milénio Express: medicina estética «express»

Uma abordagem moderna e prática, e que está a alterar a forma como se exerce e pratica a estética médica em Portugal. O Milénio Express veio inovar o mundo da estética médica não cirúrgica.

O Dr. Vítor Figueiredo, especialista em medicina estética, revela uma característica comum aos métodos e intervenções que foi desenvolvendo ao longo dos anos e que passa pelo facto de serem, na sua grande maioria, técnicas pouco invasivas e possíveis de serem realizadas em curtos espaços de tempo.

Chamam-lhe procedimentos de medicina estética realizados «à hora de almoço», dada a sua simplicidade

Um procedimento de estética médica não cirúrgica que po ser realizado «à hora de almoço», tal é a celeridade e a rapidez com que são realizadas. Isto significa que as pacientes podem levar a cabo as suas técnicas de rejuvenescimento facial sem que isso implique qualquer período de recuperação ou de «baixa» da actividade. Daí, a sua designação Milénio Express, de «expresso» ou «rápido».

Como características principais  temos o facto de serem pouco invasivo e incapacitante, o que permite, em pouco mais de meia hora e de forma relativamente confortável, rejuvenescer uma face por completo, permitindo ao paciente retomar a sua vida profissional, social e familiar normal de imediato, sem qualquer incapacidade e sem marcas visíveis.

Um procedimento de medicina estética moderno e sofisticado.

Para mais informações sobre o Milénio Express e outros procedimentos de medicina estética, contacte um assistente da Clínica Milénio